5:18 ,Segunda-feira, 20 Outubro, 2014

“O MPLA tem medo do cidadão” – Chivukuvuku

Líder da CASA-CE, Abel Chivukuvuku, fala sobre os seus projectos de superação do “Eduardismo” em Angola.O MPLA tem medo do cidadão, quem manipula não pode permitir ao cidadão ver a verdade. Ora se o MPLA tem mais de cem deputados e a oposição pouco mais de trinta, não tem esse partido argumentos para demonstrar ao Ler mais >>>

Relatório Guiné-Bissau e Angola são dos países com mais fome e subnutrição

O que é a fome? A fome é a escassez de alimentos que, em geral, afeta uma ampla extensão de um território e um grave número de pessoas. Num índice sobre fome e nutrição, um total de 45 países foram analisados no contexto de 22 indicadores que procuram medir a atuação dos governos nas áreas Ler mais >>>

Alerta:Em Luanda,crianças não entram no sistema formal de ensino por falta de registo civil.

As crianças não registadas à nascença têm problemas em aceder à educação, cuidados de saúde e apoio social, e são mais facilmente alvo de escravidão e de tráfico humano . “O registo de nascimento é mais do que apenas um direito. É o modo como uma sociedade começa por reconhecer a existência de uma criança”, Ler mais >>>

Exigência Seguro obrigatório em Angola gera filas e centenas de multas

Embora definido formalmente como obrigatório, Angola viveu nos últimos anos com o fechar de olhos das autoridades às viaturas que circulavam sem seguro de responsabilidade civil, a situação chegou ao ponto de, segundo as autoridades, apenas três por cento do parque automóvel, que ronda o meio milhão de viaturas, estar seguro. agora com a exigência Ler mais >>>

Professores que se manifestaram na Huíla detidos durante três dias

O sindicato de professores pede intervenção do Presidente da República para resolver a crise devido à incapacidade do Governo local. A persistente e alarmante violência institucional, a exemplo da tortura e do abuso de autoridade, corroem a integralidade do sistema de justiça e segurança pública. É urgente e necessário que as autoridades angolanas aprendam e Ler mais >>>

Forbes: José Eduardo dos Santos entre os 5 piores governantes de Africa, actualizado em 2012

zedu1

Infelizmente o Presidente do nosso País consta de inúmeras listas internacionais pelos piores motivos,para quem tanto luta para “Garantir uma atitude benevolente e/ou contemporizadora da comunidade internacional,Angola encontra-se na lista dos países mais corruptos do mundo e com o menor índice de desenvolvimento humano, isto num país com um dos maiores crescimentos económicos do mundo.Há muita coisa a ser revista para que a imagem do Chefe do Executivo, os seus ministros e assessores, fique bem na fotografia nacional e internacional.

Segundo a Revista Forbes aqui estão os 5 piores governantes de Afríca actualizado em 2012

A boa governação está a ganhar terreno em África. Está a acontecer a uma velocidade de caracol, mas no entanto está a acontecer . Os líderes africanos estão-se a tornar cada vez mais democráticos e está a ser gravada uma nova era ou seja um progresso significativo na liberalização do ambiente político. Eles são mais responsáveis ​​por seus cidadãos, e mostrar mais respeito pelos direitos humanos e liberdades civis.

Mas os ovos podres ainda permanecem – e há um grande número deles. No ano passado, eu coloquei um pedido aos meus seguidores africanos no Twitter  para nomear os piores líderes africanos dos nossos tempos. Recebi mais de 800 respostas. Com base nessas respostas, estes são os piores cinco líderes africanos de hoje.

1 -Teodoro Obiang Nguema Mbasogo, Presidente da Guiné Equatorial

 

Teodoro Obiang Nguema Mbasogo é o governante da África ha´mais tempo no poder. Ele governa a Guiné Equatorial, um pequeno país rico em petróleo do  Oeste Africano, desde agosto de 1979, quando ele derrubou o seu tio, Francisco Macías Nguema, num sangrento golpe de estado. A Guiné Equatorial é um dos maiores produtores de petróleo do continente e tem uma das maiores rendas per capita do mundo, mas isso não  se traduz necessáriamente em prosperidade para seu povo. O país está  muito mal no índice de desenvolvimento humano das Nações Unidas, a grande maioria dos habitantes da Guiné Equatorial dificilmente têm acesso a água potável. O país também tem uma das maiores taxas de mortalidade do mundo de menores de 5 anos: cerca de 20% das crianças morrem antes dos cinco anos. Muitos dos restantes 80% das crianças não têm acesso  aos meios educacionais e de saúde. Enquanto isso, o primeiro filho do presidente, Teodorin Obiang (que está na linha de sucessão do seu pai), gasta milhões de dólares de fundos estatais que financiam o seu estilo de vida luxuoso que inclui uma luxuosa propriedade em Malibu, um jato Gulfstream,em memória de Michael Jackson e um carro de colecção que poderia facilmente fazer bilionários ficarem  verdes de inveja.

2 -José Eduardo dos Santos, Presidente de Angola

José Eduardo dos Santos é  o segundo presidente em África ha´mais tempo no poder, em setembro faz 33 anos. Ele tomou as rédeas do poder em setembro de 1979 após a morte natural de seu antecessor, Agostinho Neto. Para seu descrédito, José Eduardo está sempre executar o seu governo como se fosse o seu pessoal, como se fosse a sua companhia de investimento privada. O Seu primo é o vice-presidente de Angola, e a sua filha, Isabel dos Santos é indiscutivelmente a mulher mais rica do país. Angola é extremamente rico em recursos. De acordo com a Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID), o país é o segundo maior produtor de petróleo da África sub-saariana e o sétimo maior fornecedor dos Estados Unidos. Angola também tem depósitos de diamantes maciços e ocupa uma posição invejável como quarto maior produtor mundial de diamantes em bruto.

Mas apesar de toda essa riqueza de recursos , a grande maioria dos angolanos ainda vive nas mais horríveis condições sócio-econômicas. 68% da população total do país vive abaixo da linha de pobreza de US $ 1,7 por dia, enquanto 28% vivem com menos de 30 centavos. A educação é gratuita, mas é praticamente inútil. A maioria das escolas estão alojados em estruturas em ruínas e há um grave déficit de professores qualificados. De acordo com o Fundo das Nações Unidas, 30% das crianças do país são subnutridas. A expectativa de vida média é de cerca de 41 anos, enquanto a mortalidade infantil e materna são extremamente elevados. Os níveis de desemprego são muito elevados. Mas José Eduardo dos Santos não é afetado por esta triste realidade. Ao invés de transformar crescimento económico de Angola em desenvolvimento social  e humano para seu povo, ele canalizou suas energias para intimidar os meios de comunicação locais e desviar fundos do Estado em suas contas pessoais e familiares. Família Dos Santos, controla uma grande parte da economia de Angola. Sua filha, Isabel Dos Santos acumulou uma das maiores  fortunas  pessoais de Angola usando recursos de alegada corrupção de seu pai para adquirir participações significativas em empresas como a Zon Multimedia, um conglomerado de mídia Português e em bancos e financeiras Portuguêses tais como Banco Espírito Santo e Banco Português de Investimento entre outros.

3 Robert Mugabe, Presidente do Zimbabué

Muitos zimbabuanos parecem pensar que Mugabe está fazer um trabalho soberbo. O país está numa recuperação econômica depois de vários anos de declínio. O crescimento do PIB em 2011 foi superior a 7% e o Estado baixou a  inflação para um dígito desde 2009. Sector agrícola do país em rápida recuperação depois de anos de escassez de alimentos,criados  por rupturas causadas pela apreensão infame de Mugabe das fazendas de proprietários comerciais brancos. O governo de Mugabe também registrou avanços significativos na educação, como resultado da formação extensiva de professores  e projetos de expansão escolar: Com mais de 80%, o país tem uma das maiores taxas de alfabetização da África Sub-saariana.

Mas as loucuras de Mugabe ofuscam suas conquistas. Por um lado, ele não conseguiu lidar com o problema sempre presente de emprego. Taxa de alfabetização do país elevada não se traduzem necessáriamente em oportunidades de emprego para seu povo. Taxa de desemprego no Zimbábue é a maior da África sub-saariana: é mais de 60%.

Apesar de entrar em um acordo de partilha de poder com o partido da oposição, o Movimento para a Mudança Democrática (MDC), Mugabe ainda detém o controle quase total  das instituições governamentais – poder que ele foi capaz de alcançar através do  uso da violência e subjugação. Ele continua relutante em alocar substanciais poderes políticos para o MDC, e abusos de direitos humanos no país sul Africano são abundantes. O megalomaníaco 87 anos, prometeu não demitir-se apesar de estar governar o estado do Sul Africano para além de 24 anos. Ele está  a espera da reeleição, em eleições presidenciais do país marcadas para o final do ano. Analistas esperam que a eleição vai ser precedida de fraude como a anterior.

4 Rei Mswati III, rei da Suazilândia

 

5 Omar Al-Bashir, President of Sudan


Deixe um comentário

Powered by WordPress | Designed by: diet | Thanks to lasik, online colleges and seo